Gramado, a cidade do “Natal Luz”

Esta é 31ª edição do grandioso evento que movimenta a Serra Gaúcha todos os anos e encanta os visitantes

 

O espetáculo “Eu Sou Maria” relembra a história do nascimento do Menino Jesus. O evento é no Lago Joaquina Bier e conta com 200 artistas, entre atores, atrizes, cantores, sopranos, tenores, orquestra e bailarinos / Cleiton Thiele-Serra Press
O espetáculo “Eu Sou Maria” relembra a história do nascimento do Menino Jesus. O evento é no Lago Joaquina Bier e conta com 200 artistas, entre atores, atrizes, cantores, sopranos, tenores, orquestra e bailarinos / Cleiton Thiele-Serra Press

Faltam menos de dois meses para terminar o ano. É tempo de Natal e de se preparar para o novo ano. E que seja mesmo um Ano Novo. Tempo de celebrar a esperança e de planejar a renovação da alegria; é preciso não se deixar levar pelo pessimismo e acreditar que tudo poderá ser melhor. Não desistir nunca é o lema.

Final de ano também é tempo de férias, tempo de descansar e esquecer-se durante alguns dias da correria e do estresse do dia-a-dia. Se você pensa em repor as energias, uma boa ideia é refugiar-se na serra gaúcha e de, quebra, conferir de perto o Natal Luz de Gramado. E vai uma dica, você não precisa hospedar-se em Gramado, pode optar por uma das cidades vizinhas e durante o dia e parte da noite desfrutar do encanto que o evento oferece.

No Desfile de Natal é contada a história de uma menina que, auxiliada pelo Senhor do Tempo, consegue resgatar o Natal vivido por seus pais quando crianças / Cleiton Thiele-Serra Press
No Desfile de Natal é contada a história de uma menina que, auxiliada pelo Senhor do Tempo, consegue resgatar o Natal vivido por seus pais quando crianças / Cleiton Thiele-Serra Press

O “Natal Luz” começou no dia 28 de outubro e vai até 15 de janeiro oferecendo mais de 300 atrações entre desfiles, paradas, concertos, espetáculos teatrais e muita música, tudo agrupado sob o tema Natal.

A primeira edição do “Natal Luz” foi há trinta e um anos, quando a administração da cidade de Gramado, no Rio Grande do Sul, buscava maneiras de incrementar o turismo também na época do verão, uma vez que tradicionalmente a cidade, que faz parte do circuito Serras Gaúchas, atraía a atenção apenas durante o inverno.

Com cenário altamente tecnológico, o público é levado a conhecer as comemorações do “Natal Pelo Mundo”. Maravilhoso show de cores e música no qual o cenário muda de ambiente, num piscar de olhos / Cleiton Thiele-Serra Press
Com cenário altamente tecnológico, o público é levado a conhecer as comemorações do “Natal Pelo Mundo”. Maravilhoso show de cores e música no qual o cenário muda de ambiente, num piscar de olhos / Cleiton Thiele-Serra Press

Surgiu então a feliz ideia de enfeitar os telhados com luzes, estendendo os enfeites para a Avenida Borges de Medeiros que corta a cidade. Mas, os enfeites não bastariam, daí então resolveram sonorizar a rua e produzir espetáculos que lembrassem o Natal. O resultado foi tão positivo que desde então a festa acontece todos os anos. O Natal se espalha pelas ruas de Gramado.

Tudo começa com o acendimento das luzes, às 20h30, quando um simpático vovô acende a sua árvore de Natal que fica bem em frente ao Palácio dos Festivais. Imediatamente todas as luzes do centro da cidade de acendem provocando sentimento de encanto e magia. Além do colorido das luzes, também tem a neve.

Muito esperado pelo público é o Desfile de Natal. O personagem da atração neste ano é o Senhor do Tempo que ajudará uma menina a relembrar o Natal vivido por seus pais quando crianças. A atração termina com a chegada de Papai Noel.

A Vila de Natal é tradicionalíssima. O visitante é recebido por Papai Noel em sua residência. A figura do Bom Velhinho encanta principalmente às crianças que entram no clima do Natal e contagiam os adultos / Cleiton Thiele-Serra Press
A Vila de Natal é tradicionalíssima. O visitante é recebido por Papai Noel em sua residência. A figura do Bom Velhinho encanta principalmente às crianças que entram no clima do Natal e contagiam os adultos / Cleiton Thiele-Serra Press

O espetáculo “Natal Pelo Mundo” desta vez contará com um magnífico cenário e muitos recursos tecnológicos que ajudarão a mostrar como a data é comemorada pelo mundo.

A Parada de Natal reúne todos os personagens que fazem o “Natal Luz” num magnífico desfile que percorre as ruas centrais de Gramado. Literalmente a cidade para diante do espetáculo oferecido através da música e cores.

No Lago “Joaquina Bier” é encenada a peça “Eu Sou Maria” com um elenco composto de 200 componentes, entre atores, atrizes, cantores, sopranos, tenores, orquestra e bailarinos, relembrando o nascimento de Jesus.

Bem no centro de Gramado acontece a tradicional exposição de renas, as ajudantes do Papai Noel. Artistas locais fazem a sua arte no corpo das renas que são montadas em seu tamanho natural.

As luzes predominam em Gramado. A decoração é inteiramente voltada ao Natal e faz com que o visitante sinta-se numa realidade paralela, na qual só existe beleza e magia / Cleiton Thiele-Serra Press
As luzes predominam em Gramado. A decoração é inteiramente voltada ao Natal e faz com que o visitante sinta-se numa realidade paralela, na qual só existe beleza e magia / Cleiton Thiele-Serra Press

Na tradicionalíssima Vila de Natal, é o Papai Noel quem recebe os visitantes. A alegria maior fica para a criançada que se deixa levar pela magia do ambiente e acaba contagiando os adultos. E falando em magia, ninguém vai resistir ao encanto do faxineiro Fritz que encontra uma velha mala e dentro dela um misterioso chapéu vermelho. Como essa história acaba? Tem que ir conferir o “Natal Luz”.

Para quem decidiu viajar até Gramado, chegando lá a melhor maneira é seguir o roteiro informativo de todos os shows e locais onde eles acontecem. No entanto, se não quiser conferir os shows, as ruas do centro da cidade já constituem um espetáculo a céu aberto, com sua maravilhosa decoração.

E o que dizer da culinária local? Todos os pratos são inspirados principalmente na cozinha alemã e italiana. E não deixe de provar o chocolate que tem em Gramado.

Além do artesanato produzido por artistas locais, Gramado oferece uma infinidade de lojas com artigos alusivos ao Natal, com muitos enfeites e souvenires. Imperdível ainda é uma visita às lojas que vendem relógios cucos e carrilhões, localizadas na Avenida Borges de Medeiros.

Faça as malas e programe a sua viagem e vá curtir o Natal em Gramado!

Leia Também

Mar, dunas e sol, só em Natal!

As belezas do Rio Grande do Norte são únicas! O clima é agradável o ano …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *